Negociações salariais 2020

Mapa da Data-Base 

Clique no nome das cidades

para acompanhar o andamento

das negociações

 

Data-Base 2020

Araraquara

Cartaz assembleia online6.jpg

Dados financeiros

Próxima assembleia

Assembleia online

dia 31/03

às 11h30

na página do SISMAR no facebook

Andamento da data-base

Reuniões e assembleias já realizadas

Categoria iniciou no dia 13 de fevereiro os debates sobre as reivindicações para 2020.

A pauta foi aprovada em assembleia realizada dia 20 de fevereiro.

SISMAR encaminhou a pauta ao prefeito e aguarda uma resposta para marcar nova assembleia que vai avaliar e votar essa resposta.

Veja a pauta de reivindicações protocolada

13/03 - SISMAR reforça pedido para que a Prefeitura de Araraquara responda as reivindicações da categoria

13/02 - primeira reunião da categoria.

- Informes sobre a sede de campo e novo site.

- Apresentação da situação financeira da Prefeitura

- Retomada da pauta do ano passado.

- Inclusão e alteração de reivindicações.

- Informes sobre as ações dos agentes educacionais e professores

Veja documento com as reivindicações debatidas.

26/02 - assembleia

- aprovação da pauta de reivindicações

- escolha da comissão que vai acompanhar as negociações

- chamado para assembleia do dia 9 sobre a greve geral do dia 18.

Veja a pauta protocolada para o prefeito

- Despesa com pessoal: 

46,92% (Relatório de Gestão Fiscal do 2º quadrimestre de 2019)

- Inflação acumulada nos últimos 12 meses:

4,31% (IPCA - Bacen)

- Perdas salariais do funcionalismo acumuladas do reajuste de maio de 2009 a janeiro de 2020 (dois mandatos do Barbieri e um mandato do Edinho):

5,65% (IPCA)

  • Num salário de R$1.000,00

    • As perdas representam R$56,50 a menos por mês.

    • Em 13 meses (12 meses +13º), as perdas acumuladas são de R$ 734,50

    • Em cinco anos, R$ 3.672,50.

Com as perdas reconstituídas, o salário deveria ser R$ 1.056,50.

  • Num salário de R$1.500,00

    • As perdas representam R$ 84,75 a menos por mês.

    • Em 13 meses (12 meses +13º), as perdas acumuladas são de R$ 1.101,75

    • Em cinco anos, R$ 5.508,75.

Com as perdas reconstituídas, o salário deveria ser R$ 1.584,75.

  • Num salário de R$ 2.000,00

    • As perdas representam R$ 113,00 a menos por mês.

    • Em 13 meses (12 meses +13º), as perdas acumuladas são de R$ 1.469,00

    • Em cinco anos, R$ 7.345,00.

Com as perdas reconstituídas, o salário deveria ser R$2.113,00.

- Estimativa de impacto de vários reajustes no % da LRF:

  • Reajuste 4,31% (só inflação): o índice da LRF fica em 48,9%.

  • Reajuste 5,5% (4,31% da inflação + 1,19% de ganho real): o índice vai para 49,4%.

  • Reajuste de 6% (4,31% da inflação + 1,69% de ganho real): o índice vai para 49,7%.

  • Reajuste de 8% (4,31% da inflação + 3,69% de ganho real): o índice vai para 50,6%.

  • Reajuste de 10% (4,31% da inflação + 5,69% de ganho real): o índice vai para 51,6% (ultrapassa o limite prudencial de 51,3%).

  • Reajuste de 12% (4,31% da inflação + 7,69% de ganho real): o índice vai para 52,5% (faltando apenas 1,5% para atingir o limite máximo de 54%).

- Histórico de reajustes concedidos:

2009: 6,1%

2010: 5%

2011: 5% em março e 6,01% em maio

2012: 5,1%

2013: 6,5%

2014: 6,3%

2015: 4,5%

2016: 3,3%
2017: 2,08%
2018: 2% em janeiro e 2,76% em maio

2019: 5%

- Subsídio Prefeito 

Edinho Silva (PT) - R$ 19.550,00

- Subsídio Vice-prefeito 

Damiano Barbiero Neto (PP) - R$ 9.775,00

- O ORÇAMENTO GERAL (administração direta + administração indireta) cresceu 11,2% em relação a 2019.

2019: R$ 886.675.000,27

2020: R$ 986.326.499,36

· A despesa com pessoal prevista na LOA para 2020 é 3,4% MAIOR em relação à de 2019:

2019 – R$ 380.241.158,23

2020 – R$ 393.302.553,01

- A RECEITA de Araraquara apresentou um CRESCIMENTO de 4,7% de 2018 para 2019*:
2018
– R$ 738.261.318,91
2019 – R$ 772.799.569,93

· A DESPESA LIQUIDADA TOTAL (obrigações de pagamento) de Araraquara apresentou um CRESCIMENTO de 11,5% de 2018 para 2019*:
2018
– R$ 669.252.221,58
2019 – R$ 746.602.217,11

*Os dados da execução orçamentária até dezembro de 2019 foram retirados do Portal da Transparência em 13/02/2020.

 

Data-Base 2020

Américo Brasiliense

Americo 20_02.jpg

Dados financeiros

Próxima assembleia

a definir

aguardando resposta

do prefeito

Andamento da data-base

Categoria iniciou no dia 4 de fevereiro os debates sobre as reivindicações para 2020.

A pauta foi aprovada em assembleia realizada dia 20 de fevereiro.

SISMAR encaminhou a pauta ao prefeito e aguarda uma resposta para marcar nova assembleia que vai avaliar e votar essa resposta.

Reuniões e assembleias já realizadas

4/02 - primeira reunião da categoria.

- Apresentação da nova diretoria do SISMAR.

- Apresentação da situação financeira da Prefeitura

- Retomada da pauta do ano passado.

- Inclusão de novas reivindicações.

Veja documento com as reivindicações debatidas.

 

20/02 - assembleia

- aprovação da pauta de reivindicações

- escolha da comissão que vai acompanhar as negociações

Veja a pauta protocolada para o prefeito

- Índice da Despesa com pessoal na LRF: 

54,34% (Relatório de Gestão Fiscal do segundo quadrimestre de 2019)

 

- Inflação acumulada nos últimos 12 meses (IPCA - BACEN):

4,31%

- Perdas salariais do funcionalismo do reajuste de abril de 2015 a janeiro de 2020:

12,67% (IPCA)

Isso significa que: 

  • Num salário de R$1000,00

    • As perdas representam R$126,70 a menos por mês.

    • Em 13 meses (12 meses +13º), as perdas acumuladas são de R$ 1.647,10

    • Em cinco anos, R$ 8.235,50.

Com as perdas reconstituídas, o salário deveria ser R$ 1.126,70.

  • Num salário de R$1500,00

    • As perdas representam R$190,05 a menos por mês.

    • Em 13 meses (12 meses +13º), as perdas acumuladas são de R$2.470,65

    • Em cinco anos, R$12.353,25

Com as perdas reconstituídas, o salário deveria ser R$ 1.690,05.

  • Num salário de R$2000,00

    • As perdas representam R$ 253,40 a menos por mês.

    • Em 13 meses (12 meses +13º), as perdas acumuladas são de R$ 3.294,20

    • Em cinco anos, R$ 16.471,00.

Com as perdas reconstituídas, o salário deveria ser R$ 2.253,40

- Estimativa de impacto de vários reajustes no % da LRF:

Reajuste 4,31% (só inflação), o índice da LRF fica em 56,68%.

- Histórico de reajustes concedidos: 

2015: 6,09%

2016: 2,93%
2017: 6%
2018: 2,68%

2019: 3,15%

 

- Subsídio Prefeito 

Dirceu Brás Pano (PSDB): R$ 15.209,36 (dezembro de 2019)
 

- Subsídio Vice-prefeito 

Terezinha Aparecida Viveiros de Souza (PTB): R$ 7.604,68 (dezembro de 2019)

 

- Orçamento previsto para 2020 é 2,3% MAIOR em relação ao de 2019:
2019 – R$ 102.650.000,00

2020 – R$ 105.000.000,00

- Despesa com pessoal prevista na LOA para 2020 é 3,5% MAIOR em relação à de 2019:

2019 – R$ 51.937.621,27

2020 – R$ 53.777.873,17

Realizado nos últimos 12 meses (de out/18 a set/19 – RGF de agosto de 2019) – R$ 53.508.831,87

- A RECEITA apresentou uma QUEDA de 0,14% de outubro de 2018 para outubro de 2019*:
2018 – R$ 84.251.408,23
2019 – R$ 84.131.443,43

- A DESPESA LIQUIDADA TOTAL (obrigações de pagamento) apresentou um CRESCIMENTO de 2,37% outubro de 2018 para outubro de 2019*:
2018 - R$ 75.551.049,86
2019 - R$ 77.345.134,56

*Os dados da execução orçamentária até outubro de 2019 são os mais atualizados até o momento (24/01/2020).

 

Data-Base 2020

Boa Esperança do Sul

BES 17_02.jpg

Dados financeiros

Próxima assembleia

Andamento da data-base

Categoria iniciou no dia 3 de fevereiro os debates sobre as reivindicações para 2020.

 

A pauta foi aprovada em assembleia realizada dia 17 de fevereiro.

SISMAR encaminhou a pauta ao prefeito e aguarda uma resposta para marcar nova assembleia que vai avaliar e votar essa resposta.

Reuniões e assembleias já realizadas

3/02 - primeira reunião da categoria.

- Apresentação da nova diretoria do SISMAR.

- Apresentação da situação financeira da Prefeitura

- Retomada da pauta do ano passado.

- Inclusão de novas reivindicações.

Veja documento com as reivindicações debatidas.

17/02 - assembleia

- aprovação da pauta de reivindicações

- escolha da comissão que vai acompanhar as negociações

Veja pauta protocolada para o prefeito

- Despesa com pessoal: 

48,78% (Relatório de Gestão Fiscal do segundo quadrimestre de 2019)

- Inflação acumulada nos últimos 12 meses:

4,31%

- Perdas salariais do funcionalismo acumuladas do reajuste de maio de 2015 ao reajuste de janeiro de 2020:

20,61% (IPCA).

 

  • Num salário de R$1000,00

    • As perdas representam R$206,10 a menos por mês.

    • Em 13 meses (12 meses +13º), as perdas acumuladas são de R$2.679,30

    • Em cinco anos, R$13.396,50.

Com as perdas reconstituídas, o salário deveria ser R$1.206,10.

  • Num salário de R$1500,00

    • As perdas representam R$309,15 a menos por mês.

    • Em 13 meses (12 meses +13º), as perdas acumuladas são de R$4.018,95

    • Em cinco anos, R$20.094,75.

Com as perdas reconstituídas, o salário deveria ser R$1.809,15.

  • Num salário de R$2000,00

    • As perdas representam R$412,20 a menos por mês.

    • Em 13 meses (12 meses +13º), as perdas acumuladas são de R$5.358,60

    • Em cinco anos, R$26.793,00.

Com as perdas reconstituídas, o salário deveria ser R$2.412,20.

 

- Estimativa de impacto de vários reajustes no % da LRF:

  • Reajuste 4,31% (só inflação): O índice da LRF fica em 50,88%.

  • Reajuste de 5,5% (4,31% da inflação + 1,19% de ganho real): o índice vai para 51,46% (ultrapassa o limite prudencial de 51,3%).

  • Reajuste de 6% (4,31% da inflação + 1,69% de ganho real): o índice vai para 51,7% (ultrapassa o limite prudencial de 51,3%).

  • Reajuste de 8% (4,31% da inflação + 3,69% de ganho real): o índice vai para 52,68% (ultrapassa o limite prudencial de 51,3%).

  • Reajuste de 10% (4,31% da inflação + 5,69% de ganho real): o índice vai para 53,6% (faltando apenas 0,4% para atingir o limite máximo de 54%).

 

- Histórico de reajustes concedidos: 

2015: 7,5%

2016: 0%
2017: 0%
2018: 0%

2019: 5,5%

 

- Subsídio Prefeito 

Fábio Luís de Souza (MDB) – R$ 11.000,00
 

- Subsídio Vice-prefeito 

José Luiz Branco (MDB) – R$ 3.500,00

- Orçamento previsto para 2020 é 9,3% MAIOR em relação ao de 2019:
2019 – R$ 43.000.000,00

2020 – R$ 47.000.000,00

- Despesa com pessoal prevista na LOA para 2020 é 22,34% MAIOR em relação à de 2019:

2019 – R$ 25.270.400,00

2020 – R$ 30.916.400,00

- A RECEITA apresentou um CRESCIMENTO de 13,14% de novembro de 2018 para novembro de 2019:
2018 – R$ 41.429.324,75
2019 – R$ 46.871.141,28

- A DESPESA LIQUIDADA TOTAL (obrigações de pagamento) apresentou um CRESCIMENTO de 10,3% novembro de 2018 para novembro de 2019:
2018 - R$ 40.316.982,34
2019 - R$ 44.467.937,30

a definir

aguardando resposta

do prefeito

 

Data-Base 2020

Gavião Peixoto

Gavião 16_03.jpg

Dados financeiros

Data base 2020 encerrada

Resumo

Reuniões e assembleias realizadas

Categoria iniciou no dia 10 de fevereiro os debates sobre as reivindicações para 2020.

A pauta foi aprovada em assembleia realizada dia 20 de fevereiro.

Dia 28 de fevereiro, o prefeito respondeu. Veja aqui.

A assembleia do dia 5 rejeitou a primeira proposta do prefeito. Ficou decidido que o SISMAR solicitará abertura de negociação direta para reforçar o pedido de 10% de reajuste no salário, no tíquete e no prêmio assiduidade, e a necessidade de implantação do piso nacional dos professores imediatamente.

Segunda resposta do prefeito

A assembleia do dia 16 aprovou a proposta de reajuste de 4,31% nos salários, no tíquete e no prêmio assiduidade.

10/02 - primeira reunião da categoria.

- Apresentação da nova diretoria do SISMAR.

- Apresentação da situação financeira da Prefeitura

- Retomada da pauta do ano passado.

- Inclusão de novas reivindicações.

Veja documento com as reivindicações debatidas.

 

27/02 - assembleia

- aprovação da pauta de reivindicações

- escolha da comissão que vai acompanhar as negociações

- chamado para assembleia do dia 9 sobre a greve geral do dia 18.

Veja pauta protocolada para o prefeito

28/03 - Resposta do prefeito

05/03 - assembleia

- rejeição da resposta do prefeito por unanimidade

- aprovação de que seja reforçada a proposta inicial (10%) nos itens salário, tíquete, prêmio assiduidade e a implantação imediata do piso nacional dos professores.

- reforço do chamado para assembleia do dia 9 sobre a greve geral nacional do dia 18, em defesa da democracia, da educação e dos serviços públicos.

Segunda resposta do prefeito

16/03 - assembleia

- aprovação da proposta do prefeito

- Despesa com pessoal: 

38,92% (Relatório de Gestão Fiscal do 3º quadrimestre de 2019)

 

- Inflação acumulada nos últimos 12 meses:

4,31% (IPCA-Bacen)

- Perdas salariais do funcionalismo acumuladas do reajuste de março de 2015 a janeiro de 2020:
10,17% (IPCA).

 

  • Num salário de R$ 1.000,00

    • As perdas representam R$ 101,70 a menos por mês.

    • Em 13 meses (12 meses +13º), as perdas acumuladas são de R$ 1.322,10

    • Em cinco anos, R$ 6.610,50.

Com as perdas reconstituídas, o salário deveria ser R$1.101,70.

  • Num salário de R$ 1.500,00

    • As perdas representam R$ 152,55 a menos por mês.

    • Em 13 meses (12 meses +13º), as perdas acumuladas são de R$ 1.983,15

    • Em cinco anos, R$ 9.915,75.

Com as perdas reconstituídas, o salário deveria ser R$1.652,55.

  • Num salário de R$ 2.000,00

    • As perdas representam R$ 203,40 a menos por mês.

    • Em 13 meses (12 meses +13º), as perdas acumuladas são de R$ 2.644,20

    • Em cinco anos, R$ 13.221,00.

Com as perdas reconstituídas, o salário deveria ser R$2.203,40.

 

- Estimativa de impacto de vários reajustes no % da LRF:

 

  • Reajuste 4,31% (só inflação): o índice da LRF fica em 40,59%.

  • Reajuste de 5,5% (4,31% da inflação + 1,19% de recuperação de perdas): o índice vai para 41,06%.

  • Reajuste de 6% (4,31% da inflação + 1,69% de recuperação de perdas): o índice vai para 41,25%.

 

  • Reajuste de 8% (4,31% da inflação + 3,69% de recuperação de perdas): o índice vai para 42,03%.

 

  • Reajuste de 10% (4,31% da inflação + 5,69% de recuperação de perdas): o índice vai para 42,81%.

 

Até mesmo com um reajuste de 10%, a despesa com pessoal sequer atinge o limite prudencial (51,3%).

- Histórico de reajustes concedidos: 

2015: 6,5%

2016: 0%
2017: 10%
2018: 4%

2019: 3,75%

 

- Subsídio Prefeito 

Gustavo Martins Piccolo (PHS) R$ 12.283,22

- Subsídio Vice-prefeito 

José Alves Filho (PHS) R$5.340,53

- Orçamento previsto para 2020 é 18,35% MAIOR em relação ao de 2019:
2019
– R$ 26.000.000,00

2020 – R$ 30.770.000,00

- A despesa com pessoal prevista na LOA para 2020 é 6,06% MAIOR em relação à de 2019:

2019 – R$ 13.885.800,00

2020 – R$ 14.727.800,00

- A RECEITA TOTAL apresentou uma QUEDA de 8,67% de 2018 para 2019*:
2018
– R$ 38.006.565,58
2019 – R$ 34.709.538,07

- A DESPESA LIQUIDADA TOTAL (obrigações de pagamento) apresentou uma QUEDA de 16,66% de 2018 para 2019*:
2018
- R$ 35.677.909,97
2019 - R$ 29.733.240,27

- Arrecadação total com ISSQN: queda de 35,7% de 2018 para 2019

2018 – R$ 10.743.926,99

2019 – R$ 6.906.850,57

*Os dados da execução orçamentária de janeiro a dezembro de 2019 são os mais atualizados até o momento (06/02/2020).

 

Data-Base 2020

Motuca

assembleia online motuca.JPG

Dados financeiros

Data base encerrada

Reuniões e assembleias já realizadas

Andamento da data-base

6/02 - primeira reunião da categoria.

- Apresentação da nova diretoria do SISMAR.

- Apresentação da situação financeira da Prefeitura

- Retomada da pauta do ano passado.

- Inclusão de novas reivindicações.

Veja documento com as reivindicações debatidas.

 

18/02 - assembleia

- aprovação da pauta de reivindicações

- escolha da comissão que vai acompanhar as negociações

Veja a pauta de reivindicações protocolada para o prefeito

Categoria iniciou no dia 6 de fevereiro os debates sobre as reivindicações para 2020.

 

A pauta foi aprovada em assembleia realizada dia 18 de fevereiro.

SISMAR encaminhou a pauta ao prefeito e aguarda uma resposta para marcar nova assembleia que vai avaliar e votar essa resposta.

Veja o ofício encaminhado ao prefeito.

- Despesa com pessoal: 

46,63% (Relatório de Gestão Fiscal do segundo quadrimestre de 2019)

- Inflação acumulada nos últimos 12 meses:

4,31% (IPCA)

- Perdas salariais do funcionalismo acumuladas do reajuste de agosto de 2015 a janeiro de 2020:

14,11% (IPCA).

 

  • Num salário de R$ 1.000,00

    • As perdas representam R$ 141,10 a menos por mês.

    • Em 13 meses (12 meses +13º), as perdas acumuladas são de R$ 1.834,30

    • Em cinco anos, R$ 9.171,50.

Com as perdas reconstituídas, o salário deveria ser R$1.141,10.

  • Num salário de R$ 1.500,00

    • As perdas representam R$ 211,65 a menos por mês.

    • Em 13 meses (12 meses +13º), as perdas acumuladas são de R$ 2.751,45

    • Em cinco anos, R$ 13.757,25.

Com as perdas reconstituídas, o salário deveria ser R$1.711,65.

  • Num salário de R$ 2.000,00

    • As perdas representam R$ 282,20 a menos por mês.

    • Em 13 meses (12 meses +13º), as perdas acumuladas são de R$ 3.668,60

    • Em cinco anos, R$ 18.343,00.

Com as perdas reconstituídas, o salário deveria ser R$2.282,20.

 

- Estimativa de impacto de vários reajustes no % da LRF:

  • Reajuste 4,31% (só inflação): O índice da LRF fica em 48,63%.

 

  • Reajuste de 5,5% (4,31% da inflação + 1,19% de ganho real): o índice vai para 49,2%.

 

  • Reajuste de 6% (4,31% da inflação + 1,69% de ganho real): o índice vai para 49,42%.

 

  • Reajuste de 8% (4,31% da inflação + 3,69% de ganho real): o índice vai para 50,3%.

  • Reajuste de 10% (4,31% da inflação + 5,69% de ganho real): o índice vai para 51,3% (atinge o limite prudencial).

 

- Histórico de reajustes concedidos: 

2015: 4,5% (concedido em agosto)

2016: 0%
2017: 4,56%
2018: 4,56% (concedido em dezembro)

2019: 4,94%

- Subsídio Prefeito e Vice-prefeito 

Os valores dos subsídios não foram publicados no Portal da Transparência da prefeitura até 31/01/2020. Foi efetuada uma solicitação via E-SIC, sob o protocolo 37F7Z473.

- Orçamento para 2020 é 7,75% MAIOR em relação ao de 2019:
2019
– R$ 18.678.000,00

2020 – R$ 20.126.000,00

- A despesa com pessoal prevista na LOA para 2020 é 4,54% MAIOR em relação à de 2019:

2019 – R$ 10.018.000,00

2020 – R$ 10.472.840,00

Realizado nos últimos 12 meses (RGF de agosto de 2019) – R$ 8.825.962,41

- A RECEITA de Motuca apresentou uma QUEDA de 1,71% de outubro de 2018 para outubro de 2019*:
2018
– R$ 16.200.667,95
2019 – R$ 15.923.270,36

- A DESPESA LIQUIDADA TOTAL (obrigações de pagamento) de Motuca apresentou um CRESCIMENTO de 24% de outubro de 2018 para outubro de 2019*:
2018
– R$ 12.635.972,53
2019 – R$ 15.668.972,31

*Os dados da execução orçamentária até outubro de 2019 são os mais atualizados até o momento (31/01/2020).

Proposta do prefeito aceita em assembleia online realizada dia 31/03.

Veja a proposta aceita.

 

Data-Base 2020

Nova Europa

Nva Europa 11_02_20.jpg

Dados financeiros

Próxima assembleia

Andamento da data-base

Reuniões e assembleias já realizadas

11/02 - primeira reunião da categoria.

- Apresentação da nova diretoria do SISMAR.

- Apresentação da situação financeira da Prefeitura

- Retomada da pauta do ano passado.

- Inclusão de novas reivindicações.

Veja documento com as reivindicações debatidas.

27/02 - assembleia

- aprovação da pauta de reivindicações

- escolha da comissão que vai acompanhar as negociações

- chamado para assembleia do dia 9 sobre a greve geral do dia 18.

Veja a pauta aprovada.

Veja pauta protocolada para o prefeito

Categoria iniciou no dia 11 de fevereiro os debates sobre as reivindicações para 2020.

 

A pauta foi aprovada em assembleia realizada dia 20 de fevereiro.

SISMAR encaminhou a pauta ao prefeito e aguarda uma resposta para marcar nova assembleia que vai avaliar e votar essa resposta.

- Despesa com pessoal: 

49,66% (Relatório de Gestão Fiscal do 3º quadrimestre de 2019)

- Inflação acumulada nos últimos 12 meses:

4,31% (IPCA - Bacen)

 

- Perdas salariais do funcionalismo do reajuste de março de 2016 a janeiro de 2020:

11,62% (IPCA).

  • Num salário de R$1000,00:

    • As perdas representam R$116,20 a menos por mês.

    • Em 13 meses (12 meses +13º), as perdas acumuladas são de R$ 1.510,60

    • Em cinco anos, R$ 7.553,00.

Com as perdas reconstituídas, o salário deveria ser R$ 1.116,20.

  • Num salário de R$1.500,00

    • As perdas representam R$174,30 a menos por mês.

    • Em 13 meses (12 meses +13º), as perdas acumuladas são de R$ 2.265,90

    • Em cinco anos, R$11.329,50.

Com as perdas reconstituídas, o salário deveria ser R$ 1.674,30.

  • Num salário de R$ 2.000,00

    • As perdas de 11,62% representam R$232,40 a menos por mês.

    • Em 13 meses (12 meses +13º), as perdas acumuladas são de R$ 3.021,20

    • Em cinco anos, R$ 15.106,00

Com as perdas reconstituídas, o salário deveria ser R$2.232,40.

- Estimativa de impacto de vários reajustes no % da LRF:

 

  • Reajuste 4,31% (só inflação): o índice da LRF fica em 51,8% (ultrapassa o limite prudencial de 51,3%).

 

  • Reajuste 5,5% (4,31% da inflação + 1,19% de ganho real): o índice vai para 52,3% (ultrapassa o limite prudencial de 51,3%).

 

  • Reajuste de 6% (4,31% da inflação + 1,69% de ganho real): o índice vai para 52,6% (ultrapassa o limite prudencial de 51,3%).

 

  • Reajuste de 8% (4,31% da inflação + 3,69% de ganho real): o índice vai para 53,6% (ficando bastante próximo a 54%, o teto da LRF).

- Histórico de reajustes concedidos:

2016: 2,96%
2017: 4,08%
2018: 3%

2019: 3,75%

- Subsídio Prefeito 

Luiz Carlos Santos (PTB) - R$ 12.078,00

 

- Subsídio Vice-prefeito 

Antônio Carlos Mistilides da Silva (MDB) - R$ 6.721,72

- Orçamento previsto para 2020 é 2,3% MAIOR em relação ao de 2019:
2019 – R$ 40.883.000,00

2020 – R$ 41.817.000,00

- Despesa com pessoal prevista na LOA para 2020 é 10,9% MAIOR em relação à de 2019:

2019 – R$ 18.817.880,00

2020 – R$ 20.865.900,00

- A RECEITA TOTAL apresentou CRESCIMENTO de 3,4% de 2018 para 2019*:
2018
– R$ 39.054.208,00
2019 – R$ 40.371.467,30

- A DESPESA LIQUIDADA TOTAL (obrigações de pagamento) apresentou um CRESCIMENTO de 14,7% de 2018 para 2019*:
2018
– R$ 36.524.648,79
2019 – R$ 41.886.997,53

*Os dados da execução orçamentária de janeiro a dezembro de 2019 são os mais atualizados até o momento (07/02/2020).

a definir

aguardando resposta

do prefeito

 

Data-Base 2020

Ribeirão Bonito

Rib 19_02.jpg

Dados financeiros

Próxima assembleia

A confirmar

Aguardando resposta do Prefeito

Andamento da data-base

Reuniões e assembleias já realizadas

12/02 - primeira reunião da categoria.

- Apresentação da nova diretoria do SISMAR.

- Apresentação da situação financeira da Prefeitura

- Retomada da pauta do ano passado.

- Inclusão de novas reivindicações.

Veja documento com as reivindicações debatidas.

19/02 - assembleia

- aprovação da pauta de reivindicações

- escolha da comissão que vai acompanhar as negociações
Veja a pauta aprovada encaminhada ao prefeito

Categoria iniciou no dia 12 de fevereiro os debates sobre as reivindicações para 2020.

 

A pauta foi aprovada em assembleia realizada dia 19 de fevereiro.

SISMAR encaminhou a pauta ao prefeito e aguarda uma resposta para marcar nova assembleia que vai avaliar e votar essa resposta.

Veja o ofício encaminhado ao prefeito

- Despesa com pessoal: 

44,73% (Relatório de Gestão Fiscal do 3º quadrimestre de 2019)

 

- Inflação acumulada nos últimos 12 meses:

4,48% (INPC - Bacen)

 

- Perdas salariais do funcionalismo do reajuste de março de 2016 a janeiro de 2020:

3,55% (INPC).

 

  • Num salário de R$ 1.000,00

    • As perdas representam R$ 35,50 a menos por mês.

    • Em 13 meses (12 meses +13º), as perdas acumuladas são de R$ 461,50

    • Em cinco anos, R$ 2.307,50.

Com as perdas reconstituídas, o salário deveria ser R$ 1.035,50.

  • Num salário de R$ 1.500,00

    • As perdas representam R$ 53,25 a menos por mês.

    • Em 13 meses (12 meses +13º), as perdas acumuladas são de R$ 692,25

    • Em cinco anos, R$ 3.461,25.

Com as perdas reconstituídas, o salário deveria ser R$ 1.553,25.

  • Num salário de R$ 2.000,00

    • As perdas representam R$ 71,00 a menos por mês.

    • Em 13 meses (12 meses +13º), as perdas acumuladas são de R$ 923,00

    • Em cinco anos, R$ 4.615,00.

Com as perdas reconstituídas, o salário deveria ser R$2.071,00.

 

- Estimativa de impacto de vários reajustes no % da LRF:

  • Reajuste 4,48% (só inflação): o índice da LRF fica em 46,7%.

  • Reajuste 5,5% (4,48% da inflação + 1,02% de ganho real): o índice vai para 47,2%.

  • Reajuste de 6% (4,48% da inflação + 1,52% de ganho real): o índice vai para 47,4%.

  • Reajuste de 8% (4,48% da inflação + 3,52% de ganho real): o índice vai para 48,3%.

  • Reajuste de 10% (4,48% da inflação + 5,52% de ganho real): o índice vai para 49,2%.

Mesmo com um reajuste de 10% o índice da Lei de Responsabilidade Fiscal sequer atinge o limite prudencial (51,3%).

 

- Histórico de reajustes concedidos: 

2016: 11,08%
2017: 4,69%
2018: 1,81%

2019: 3,94%

 

- Subsídio Prefeito

Luiz Arnaldo de Oliveira Lucato (Patriotas) - R$ 10.972,00

 

- Subsídio Vice-prefeito

João Victor Machado Borges (Presidente da Câmara - PSB) - R$ 3.962,00

- Orçamento previsto para 2020 é 13,8% MAIOR em relação ao de 2019:
2019 – R$ 40.425.000,00

2020 – R$ 46.000.000,00

- Despesa com pessoal prevista na LOA para 2020 é 12,08% MAIOR em relação à de 2019:

2019 – R$ 19.539.808,54

2020 – R$ 21.900.568,04

- A RECEITA TOTAL apresentou CRESCIMENTO de 4,63% de 2018 para 2019*:
2018
– R$ 36.471.317,26
2019 – R$ 38.158.214,71

- A DESPESA LIQUIDADA TOTAL apresentou um CRESCIMENTO de 20,53% de 2018 para 2019*:
2018
– R$ 31.244.606,60
2019 – R$ 37.659.202,89

*Os dados da execução orçamentária de janeiro a dezembro de 2019 são os mais atualizados até o momento (10/02/2020).

 

Data-Base 2020

Santa Lúcia

assembleia online santa lucia.JPG

Dados financeiros

Data base encerrada

Andamento da data-base

Categoria iniciou no dia 5 de fevereiro os debates sobre as reivindicações para 2020.

A pauta foi aprovada em assembleia realizada dia 18 de fevereiro.

SISMAR encaminhou a pauta ao prefeito. Veja o ofício encaminhado ao prefeito.

Prefeito respondeu dia 6/03.

Assembleia do dia 12 de março rejeitou as propostas do governo. Uma contraproposta já foi elaborada pela categoria e protocolada na Prefeitura. Veja aqui.

Assim que o prefeito responder, o SISMAR chamará nova assembleia.

Reuniões e assembleias já realizadas

5/02 - primeira reunião da categoria.

- Apresentação da nova diretoria do SISMAR.

- Apresentação da situação financeira da Prefeitura

- Retomada da pauta do ano passado.

- Inclusão de novas reivindicações.

Veja documento com as reivindicações debatidas.

18/02 - assembleia

- aprovação da pauta de reivindicações

- escolha da comissão que vai acompanhar as negociações

Veja pauta aprovada e encaminhada ao prefeito

Veja reposta do Prefeito

 

12/03 - assembleia

- categoria rejeitou propostas do prefeito

- elaborada nova proposta pela categoria com pedido de negociação direta com o prefeito com participação da comissão de servidores escolhida em assembleia anterior

Veja a contraproposta protocolada na Prefeitura

12/03 - assembleia online

- categoria aprovou propostas do prefeito
Veja aqui a proposta aceita

- Despesa com pessoal: 

55,65% (Relatório de Gestão Fiscal do segundo quadrimestre de 2019)

 

- Inflação acumulada nos últimos 12 meses (IPCA):

4,31%.

- Perdas salariais do funcionalismo de maio de 2016 a janeiro de 2020:

11,52% (IPCA)

  • Num salário de R$1000,00

    • As perdas representam R$ 115,20 a menos por mês.

    • Em 13 meses (12 meses +13º), as perdas acumuladas são de R$ 1.497,60

    • Em cinco anos, R$ 7.488,00.

Com as perdas reconstituídas, o salário deveria ser R$ 1.115,20.

  • Num salário de R$1500,00

    • As perdas representam R$ 172,80 a menos por mês.

    • Em 13 meses (12 meses +13º), as perdas acumuladas são de R$ 2.246,40

    • Em cinco anos, R$ 11.232,00.

Com as perdas reconstituídas, o salário deveria ser R$1.672,80.

  • Num salário de R$2000,00

    • As perdas representam R$ 230,40 a menos por mês.

    • Em 13 meses (12 meses +13º), as perdas acumuladas são de R$ 2.995,20

    • Em cinco anos, R$ 14.976,00.

Com as perdas reconstituídas, o salário deveria ser R$2.230,40.

 

- Estimativa de impacto do reajuste no % da LRF:
Reajuste 4,31% (só inflação): 58,04% - acima do limite máximo.

 

- Histórico de reajustes concedidos:

2016: 0%
2017: 6%
2018: 2%

2019: 4,94%

 

- Subsídio Prefeito

Luiz Antônio Noli (PR) – R$ 7.166,88

- Subsídio Vice-prefeito 

José Roberto Trevizo (PTB) – R$ 3.526,56

 

- Orçamento previsto para 2020 é 4,8% MAIOR em relação ao de 2019:
2019 – R$ 21.000.000,00

2020 – R$ 22.000.000,00

- Despesa com pessoal prevista na LOA para 2020 é 3,3% MAIOR em relação à de 2019:

2019 – R$ 11.973.770,00

2020 – R$ 12.371.600,00

- A RECEITA TOTAL apresentou um CRESCIMENTO de 2,5% de outubro de 2018 para outubro de 2019*:
2018 – R$ 17.556.758,67
2019 – R$ 17.996.080,44

- A DESPESA LIQUIDADA TOTAL (obrigações de pagamento) apresentou um CRESCIMENTO de 6,9% de outubro de 2018 para outubro de 2019*:
2018 – R$ 16.263.928,29
2019 – R$ 17.381.473,72

*Os dados da execução orçamentária até outubro de 2019 são os mais atualizados até o dia 30/01/2020.

Proposta do prefeito aprovada em assembleia online realizada dia 31/03.

Veja a proposta aceita.

 

Data-Base 2020

Trabiju

Trabiju 3_2_20 _ DSC06191web.jpg

Dados financeiros

Próxima assembleia

a confirmar.

aguardando resposta do prefeito

Andamento da data-base

Categoria iniciou no dia 3 de fevereiro os debates sobre as reivindicações para 2020.

A pauta foi aprovada em assembleia realizada dia 17 de fevereiro.

SISMAR encaminhou a pauta ao prefeito e aguarda uma resposta para marcar nova assembleia que vai avaliar e votar essa resposta.

Reuniões e assembleias já realizadas

3/02 - primeira reunião da categoria.

- Apresentação da nova diretoria do SISMAR.

- Apresentação da situação financeira da Prefeitura

- Retomada da pauta do ano passado.

- Inclusão de novas reivindicações.

Veja documento com as reivindicações debatidas.

17/02 - assembleia

- aprovação da pauta de reivindicações

- escolha da comissão que vai acompanhar as negociações

Veja pauta protocolada para o prefeito

- Despesa com pessoal: 

50,46% (Relatório de Gestão Fiscal de setembro de 2019)

- Inflação acumulada em 2019 (INPC - BACEN):

4,48% - Em Trabiju, o reajuste é vinculado ao INPC por lei municipal.

- Perdas salariais do funcionalismo no último quadriênio (do reajuste de março de 2016 até o reajuste de março de 2019): 0,31% (INPC).

 

- Perdas salariais do funcionalismo acumuladas do reajuste de março de 2016 a janeiro de 2020:

3,53% (INPC).

 

  • Num salário de R$ 1000,00

    • As perdas representam R$ 35,30 a menos por mês.

    • Em 13 meses (12 meses +13º), as perdas acumuladas são de R$ 458,90

    • Em cinco anos, R$ 2.294,50.

Com as perdas reconstituídas, o salário deveria ser R$1.035,30.

  • Num salário de R$ 1500,00

    • As perdas representam R$52,95 a menos por mês.

    • Em 13 meses (12 meses +13º), as perdas acumuladas são de R$ 688,35

    • Em cinco anos, R$ 3.441,75.

Com as perdas reconstituídas, o salário deveria ser R$1.552,95.

  • Num salário de R$ 2000,00

    • As perdas representam R$ 70,60 a menos por mês.

    • Em 13 meses (12 meses +13º), as perdas acumuladas são de R$ 917,80

    • Em cinco anos, R$ 4.589,00.

Com as perdas reconstituídas, o salário deveria ser R$2.070,60.

- Estimativa de impacto de vários reajustes no % da LRF:

  • Reajuste de 4,48% (só inflação): o índice da LRF fica em 52,7% (ultrapassa o limite prudencial de 51,3%).

  • Reajuste de 5,5% (4,48% da inflação + 1,02% de ganho real): se pedirmos um reajuste de 5,5%, o índice vai para 53,2% (ultrapassa o limite prudencial de 51,3%).

- Histórico de reajustes concedidos: 

2016: 10,56%
2017: 4,69%
2018: 2,2%
2019: 4,13%

- Subsídio Prefeito 

Maurilio Tavoni Junior (MDB) - R$ 8.500,00

- Subsídio Vice-prefeito 

Marcos Antonio Perez (MDB) - R$ 2.750,00

- Orçamento previsto para 2020 é 13% MAIOR em relação ao de 2019:
2019 – R$ 14.390.000,00
2020 – R$ 16.250.000,00

- Despesa com pessoal prevista na LOA:

Não foi possível analisar o dado porque os anexos da LOA que tratam da despesa com PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS não foram publicados. A solicitação dos anexos foi feita através do ofício nº 036/2020, redigido em 17/01/2020

- A RECEITA de Trabiju apresentou um CRESCIMENTO de 11,6% de outubro de 2018 para outubro de 2019*:
2018 – R$ 10.245.249,01
2019 – R$ 11.436.226,30

- A DESPESA LIQUIDADA TOTAL (obrigações de pagamento) de Trabiju apresentou um CRESCIMENTO de 1,7% outubro de 2018 para outubro de 2019*:
2018 - R$ 10.471.884,36
2019 - R$ 10.651.091,73

*Os dados da execução orçamentária até outubro de 2019 são os mais atualizados até o momento (17/01/2020).

- DÍVIDAS

Precatórios: R$ 255.307,88
 

AGENDA.png
TRANSPARENCIA.png

- Américo Brasiliense

- Araraquara

- Boa Esperança do Sul

- Gavião Peixoto

- Motuca

- Nova Europa

- Ribeirão Bonito

- Santa Lúcia

- Trabiju

SISMAR - Sindicato dos Servidores Municipais de Araraquara e Região

 

Américo Brasiliense, Araraquara, Boa Esperança do Sul, Gavião Peixoto, Motuca, Nova Europa, Ribeirão Bonito, Santa Lúcia e Trabiju


Rua Gonçalves Dias, 970 - Centro - Araraquara/SP

Central de informações: (16) 3335-9909

e-mail: contato@sismar.org.br