Servidores do grupo de risco não afastados devem entrar em contato com o SISMAR

MPT quer saber quais são os casos de negativa de afastamento para poder cobrar providências da Prefeitura


O SISMAR tem prazo até esta sexta-feira,14, para se manifestar junto ao MPT sobre servidores idosos e dos grupos de risco que continuam trabalhando. Já temos os nomes da maioria dos servidores, mas precisamos confirmar cada um para o MPT.

Muitos casos já foram resolvidos administrativamente ou por ação do Ministério Público do Trabalho, mas há um grupo remanescente que não foi liberado e o MPT quer saber quem é.

Quem pertence ao grupo de risco mas ainda está trabalhando deve entrar em contato com o SISMAR pelo e-mail contato@sismar.org.br, informando nome, matrícula e condição que o coloca no grupo de risco.

Os servidores que já enviaram documentação a respeito disso ao SISMAR, mas continuam trabalhando, devem mandar confirmação pelo mesmo e-mail de que o afastamento não saiu e que a situação permanece a mesma.

O prazo final para o envio é dia 14 de agosto de 2020, às 12 horas.

Em tempo, o SISMAR não se responsabiliza por documentação entregue por outros meios a servidores que não sejam atuais diretores do Sindicato.

471 visualizações0 comentário