Nada muda para os aposentados da Prefeitura de Araraquara, após decisão do STF

Supremo negou recurso do Município e manteve sentença da segunda instância pelo fim da estabilidade; mesmo assim, Prefeitura não deve demitir e Sindicato está preparado para defender servidores eventualmente prejudicados


Apesar de o Supremo Tribunal Federal (STF) ter mantido, neste dia 10, a decisão judicial que prevê o fim da estabilidade dos servidores municipais aposentados de Araraquara, o entendimento do SISMAR é que a Prefeitura de Araraquara não precisa e não pode demitir os servidores aposentados que permanecem trabalhando.

E o motivo é simples: o Município já cumpriu a decisão judicial, proferida dentro da ação civil pública movida pelo Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP), ao promover dois Programas de Demissão Voluntária (PDV), condição colocada como opção pela própria Justiça.

Como o objeto da ação civil já foi superado com os PDVs, não há motivo para a Prefeitura demitir qualquer servidor aposentado.

O SISMAR já está preparado para defender qualquer servidor que venha a ser prejudicado por esta decisão judicial.

Os servidores que tiverem qualquer problema relacionado a isso devem procurar o SISMAR imediatamente para proteger seus direitos.

TRANSPARENCIA.png

- Américo Brasiliense

- Araraquara

- Boa Esperança do Sul

- Gavião Peixoto

- Motuca

- Nova Europa

- Ribeirão Bonito

- Santa Lúcia

- Trabiju

SISMAR - Sindicato dos Servidores Municipais de Araraquara e Região

 

Américo Brasiliense, Araraquara, Boa Esperança do Sul, Gavião Peixoto, Motuca, Nova Europa, Ribeirão Bonito, Santa Lúcia e Trabiju


Rua Gonçalves Dias, 970 - Centro - Araraquara/SP

Central de informações: (16) 3335-1983 ou 3357-1983

e-mail: contato@sismar.org.br