top of page

Saúde mental dos servidores municipais preocupa

O SISMAR, em parceria com o Sesmt e o RH da Prefeitura de Araraquara, iniciam ciclo de palestras para conscientizar a categoria e a chefia sobre o assunto




 

Apesar dos problemas de saúde mental serem a quarta maior causa de afastamentos de servidores municipais da Prefeitura de Araraquara, de acordo com levantamento realizado pelo Serviço Especializado em Engenharia de Saúde e Medicina do Trabalho (Sesmt), o assunto ainda é tabu dentro e fora do serviço público.

O SISMAR, atento aos problemas que afligem a categoria, há meses vem dialogando com a Administração para que seja viabilizada a criação de um ambulatório de saúde mental específico para atender servidores.

Enquanto a proposta do ambulatório não avança, o Sindicato, em parceria com o Sesmt e com o departamento de Recursos Humanos da Prefeitura, deu início a um ciclo de palestras com a finalidade de conscientizar os servidores sobre a importância de cuidar da saúde mental tanto quanto da saúde física.

A primeira palestra da iniciativa foi para os servidores da EMEF CAIC Rubens Cruz, no Selmi Dei, proferida pela coordenadora do departamento de Recursos Humanos da Prefeitura de Araraquara, Flávia Dotoli.

Pelo SISMAR, acompanharam o evento, o presidente, Gustavo Jacobucci e as diretoras Regina Rodrigues e Renata Marcolino.

O SISMAR divulgará a data e o local das próximas palestras em suas redes sociais.

106 visualizações0 comentário
bottom of page